20 de novembro 2020

Seja por motivo de necessidade, perda de emprego e renda ou constatação de que agora é o momento de desengavetar aquele sonho empreendedor, como se nota das manchetes acima, o brasileiro nunca empreendeu tanto.

São múltiplos negócios, dos mais variados formatos e estruturas, em uma diversidade de nichos de atuação, muito dos quais inéditos, inovadores e desafiadores a profissionais de ramos como Administração, Direito e Contabilidade.

No que toca a este último, em algum momento de vivência destas novas empresas será necessária e impositiva a intervenção de um profissional de Contabilidade, tanto por questão de legislação, como, por exemplo, por questão de regularização para aquisição de linhas de crédito e subsídios governamentais específicos às micro e pequenas empresas.

Neste cenário, é esperado que setores de prestação de serviço como os relacionados à Contabilidade venham a ser solicitados em demandas das mais variadas naturezas e, igualmente, desafiados a exercer com a maior acuidade sua profissão, sobretudo, para evitar inconveniências administrativas e judiciais, tais como as relacionadas à responsabilidade civil, expressamente prevista no Código Civil Brasileiro, e ensejadora do dever de indenizar.
Diante deste contexto, fica a seguinte pergunta para reflexão: sua carreira ou escritório estão preparados para as consequências deste fenômeno da “pejotização”?

O Seguro de Responsabilidade Civil para profissionais da Contabilidade se mostra um aliado essencial para administrar e gerenciar os riscos normais atrelados ao exercício de sua profissão e representam um plus de segurança, tranquilidade e suporte até para os momentos mais difíceis e inevitáveis no exercício da profissão!

Release


0 Comentários

Deixe uma resposta